Quando eu desci as escadas um pouco indecisa do que fazer da vida, Pedro sorriu para mim. Há duas semanas, eu desci os mesmos degraus chorando, ele sorriu e disse “Vai ficar tudo bem!”. Pedro e eu fazemos terapia no mesmo lugar. E o nome dele não é Pedro, mas acho que poderia ser.

E este garoto que para mim é Pedro, olhou a recepcionista e disse “Van, chama um táxi pra mim”. Ela sorriu e perguntou se ele havia esquecido que morava a poucas quadras dali. E  gargalhando, respondeu “Claro que não! Mas é que eu sempre quis dizer isso de chame um táxi para mim”. Quando deixei a sala, me perguntei o que eu sempre quis dizer, mas nunca disse.

A primeira coisa que veio à minha cabeça foi “Perdi o apetite, vou embora!”. E em seguida, levanto, jogo o guardanapo na mesa e elegantemente  saio dali. Mas isso é impossível porque simplesmente eu nunca perco o apetite. E também muito raso.  Cheguei à conclusão de que eu gostaria de dizer outras coisas.

Eu queria dizer aquele tipo de coisa que a gente nunca diz porque é educado, porque não tem coragem de dizer ou o outro não é obrigado a ouvir. Eu queria dizer isso pra um monte de gente. E dito isso, fiz uma lista:

1- Eu queria te dizer que eu não perdi aquele avião porque estava trânsito em Londres. Inclusive, usei uma desculpa horrível com os s ingleses que são tão organizados. Eu perdi o vôo porque  estava acontecendo tanta coisa bonita na minha vida durante aqueles dias na Inglaterra que eu me distrai e cheguei atrasada. E se te contasse a verdade, você diria “Eu falo pra você se concentrar mais, porra!”. Há quem diga que eu tenha perdido por um ato falho, talvez tenha sido.

2- Eu queria te dizer que antes eu estava confusa se gostava de você. Hoje, eu tenho certeza de que não gosto porque você maltrata as pessoas e todas as vezes que grita com elas só demonstra a sua insegurança. Ninguém merece ser tratado deste jeito.

3- Eu queria te dizer que eu sei que eu errei. Não me chamaria de escrota, como você fez, porque eu não seria tão cruel comigo mesma. Mas eu me considero uma idiota. E entendo que você não tenha respondido o email de desculpas que te enviei dois anos depois.

4- Eu queria te dizer que quando você me deu aquela bronca e sorriu pra mim, eu também sorri por dentro. Não porque eu goste de levar broncas, mas porque você me fez lembrar o que me dá prazer. E definitivamente não sou do seu time que sente tesão em destruir os outros. Olhei pra você e pensei no prazer que eu tenho em comer meu chocolate favorito, em acordar ao lado de quem eu amo, em fazer sexo na minha melhor performance e em ficar rodeada de quem eu gosto.

5- Eu queria te dizer que quando eu desisti dele porque percebi que você gostava do mesmo garoto que eu, não fiz isso porque achava que era impossível alguém se apaixonar por você se eu tivesse no páreo. Eu tomei esta decisão quando olhei para vocês dois e percebi o quanto a minha vida ficaria incompleta sem você.

Eu queria dizer para ele que eu tenho um coração sim, já que ele questionou isso na época. Mas que, por mais que a gente tenha se reencontrado anos depois e ele tentado me reconquistar, aquilo tudo não fazia mais sentido para mim. Mesmo assim achei lindo a gente brindar junto de manhã.

6- Eu queria te dizer que nem sempre uma mulher quer casar com um cara só porque rolou perfeitamente entende? Foi incrível, mas acontece que a vida não é feita só de pegação, é preciso ter conversa. E aí não rolou, né? Desculpa ter te magoado. E eu sei que você vai encontrar alguém legal.

7- Eu queria te dizer que você nunca deve usar uma pessoa. Que o que você fez comigo foi horrível. Você tem ideia do que é ser traída pela pessoa que um dia olhou pra você e te disse “Fique tranquila, você não está sozinha. eu vou estar aqui com você”? Deus me livre de ser uma mulher que nem você. Mas hoje tô de boas. Te deixo meu silêncio.

8- Eu queria te dizer que eu entrei em pânico. Porque eu faço isso sim! E que eu não vou me desculpar por aquilo que eu disse porque é tudo o que eu realmente sentia. Mas eu queria pedir desculpas pela forma, pela hora errada, por não ter deixado você falar e por não ter te ouvido. E o que me dói hoje é não saber como tudo isso terminaria.

9 – Eu queria te dizer, Nath, que a gente erra. E que você vai fazer isso milhões de vezes. Mas pelo Amor de Deus! Pensa antes de falar algumas coisas, controla esta doidera dentro de você, para de assustar as pessoas com esta sua sagitarianisse! E se perdoe, por tudo isso, se perdoe a cada manhã. Não porque você deve pagar penitências, mas porque você é humana, Cara! Não se cobre tanto. Tá perdoada, ok?

Eu sei que esta lista vai aumentar, natural que isso aconteça. Mas eu queria te dizer tudo o que eu queria te dizer.

Anúncios